Menu

Não se espelhe unicamente em pessoas de sucesso

Comunicaçāo, empreendedorismo, Pessoas

Não se espelhe unicamente em pessoas de sucesso

Não se espelhe unicamente em pessoas de sucesso

Você, como um jovem investidor, quer atingir o sucesso e, por isso, está sempre atento a tudo. Lê sobre as novidades do seu ramo e, inclusive se inspira em grandes nomes do mundo empresarial. Nem devemos nos espelhar somente em pessoas bem-sucedidas.

Caso tivesse a oportunidade de estar frente a frente com alguém que pudesse lhe dar conselhos sobre sucesso, quem escolheria? Um grande empresário, como Larry Page, ou alguém que falhou ao ponto de falir? Larry, obviamente, afinal quem mais poderia saber tão bem de estratégias que um dos donos da empresa mais valiosa do mundo?

E é dessa forma que talvez você NÃO consiga fazer seu negócio se tornar reconhecido.

 

+ A teoria Survivorship Bias

Essa é uma ideia defendida pelo jornalista David McRaney em uma palestra do TED Talks. Ele defende que existe uma linha chamada de “Survivorship Bias” (no português, viés de sobrevivência), que é a tendência do ser humano de focar em sobreviventes, e nunca nos não sobreviventes. Essa ideia pode significar a morte ao invés da vida, ou fracasso e não o sucesso.

Quando existe um processo em que existe um sobrevivente, aqueles que fracassaram se tornam invisíveis, não os notamos mais.

David dá um exemplo. Quando você vai a um restaurante, de repente pode vir uma ideia do tipo “vou entrar nesse ramo, todos restaurantes daqui fazem muito dinheiro”. A verdade é que você está sendo atingido pelos Survivorship Bias. Se você vê ou convive com um grupo que é muito bem-sucedido, deve até evitá-los. Isso te leva a enxergar apenas um lado da moeda, a parte que já deu certo. É superficial, você não sabe o que aconteceu para o dono do restaurante estar ali, só consegue ver seu sucesso.

+ A história de Brad Pitt e seus concorrentes

Sucesso-agencia-branding-35mm

Podemos falar do astro Brad Pitt, muito bem-sucedido e que todos conhecem. É o tipo de pessoa que devemos sentar, conversar, pedir conselhos e saber quais decisões foram tomadas para chegar onde está.

Na mesma semana que Brad Pitt chegou em Hollywood, alguns outros rapazes, da mesma idade, tão ou mais talentosos e bonitos que ele, também tentavam o mesmo caminho. Mas o que fez realmente diferença foram as escolhas de Brad.

Olhando pelo outro lado, aqueles que ficaram para trás e não superaram Brad Pitt, que não conseguiram uma posição como ator, sabem o que é falhar, sabem o que fizeram e deixaram de fazer. Eles que realmente sabem porque falharam e podem dar conselhos sobre que atitudes tomar.

Então, se você sempre se baseia em livros que têm histórias de empresas grandes ou segue apenas pessoas que sempre foram bem-sucedidas, seu conhecimento do mundo será muito tendencioso, pois não enxergará falhas por traz de toda a trajetória.

 

Então entre em contato conosco e descubra um mundo de inspirações!

Ou então siga-nos em nossas redes sociais:

Agência de Branding e Marketing Digital em São Paulo – 35mm
Share

This is a unique website which will require a more modern browser to work!

Please upgrade today!

UA-65834577-1